Translate This Blog To Your Language!

Gostou? Então curte aí no FaceBook!

sábado, 16 de junho de 2012

MISTURANDO PALAVRAS



Sim, eu sei... essa imagem acima está muito feminina! hauahuahauhauhahuauh Maaaas... tenho uma desculpa pra isso! Essa postagem é em homenagem a duas mulheres! :) Então vamos lá...

Sabe quando você era criança e uma de suas melhores lembranças era ir pra casa de sua avó e comer a comidinha dela? (Por que todas as avós cozinham tão bem? Acho que é só pra agradar aos netos!). Pois bem, acontece que com o passar dos anos e do tempo, as pessoas vão perdendo o paladar e a habilidade de saborear as refeições, as sobremesas, um simples café (pra quem gosta, claro, o que não é o meu caso). Talvez pela correria do dia a dia, nós almocemos qualquer coisa na rua, comemos salgados, pizzas e qualquer coisa que já esteja pronta. Abrimos mão do feijãozinho com arroz em muitos casos.

Como se isso já não fosse ruim o suficiente, quando arrumamos tempo para comer em casa, comemos de qualquer forma. Não arrumamos a mesa, não deixamos ela ao menos simpática e convidativa. Ao invés de apreciarmos desde o cheiro da comida sendo preparada, a beleza do prato feito e principalmente seu sabor, engolimos tudo sem sentir, o que consequentemente, para mim, se torna até falta de consideração com a pessoa que preparou.

Quando aprendemos a dar valor a isso, uma simples refeição pode se tornar o ponto alto do seu dia.

Aqueles que gostam de cozinhar (ou mesmo os que não gostam, mas cozinham) são verdadeiros poetas e poetisas. Seus pratos finais, são seus textos poéticos. Suas sobremesas são seus sonetos. Os ingredientes cuidadosamente escolhidos e suas dosagens corretas, são seus versos metrificados. Os elogios dos que apreciam seu trabalho, são suas rimas ricas. Suas invenções e adições de ingredientes diferentes são suas inspirações. Há de se duvidar que são realmente mestres da arte de criar? Alguém não há de convir que são poetas e poetisas? Somente aqueles que não lêem poesia ou que não aprenderam a sentir os sabores.

Que tal darmos um pouco mais de atenção e consideração àqueles que se empenham para nos fazer apreciar uma refeição do início ao fim? Que tal mandar um elogio ao chefe da cozinha do seu restaurante preferido? Ou se essa pessoa for sua amiga, sua tia, seu pai, sua mãe, sua avó, sei lá quem... :) Agradeça!

Então aqui vai meu agradecimento público a todos os que encantam meus olhos e meu paladar com bons momentos de convivência e refeições. Em especial: Dona Rosa LaRocca e a Tia Nilda, especialistas no assunto. ^^ É sempre ótimo compartilhar garfadas e colheradas com as duas!

Meu obrigado!

Ps: Ninguém faz sobremesas como a minha Tia Nilda (nem restaurantes finos)! Sorte minha, de ser o sobrinho preferido dela! kkkkkkkkk (primos e primas... sem ciúmes por favor...) A última dela foi uma sobremesa de avelã com mousse de limão. OMG! Engordei só de lembrar. T_T

 
Criança sabe o que é bom na vida!


5 comentários:

  1. Minha mãe é demais... quando ela se aposentar já sabe neh Moore????? Nunca vi uma mão tão boa para sobremesa... já me abriu até o apetite!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Ta doido... a Bomba de Chocolate que ela faz é de lascar um!!!kkkk...

    ResponderExcluir
  3. CONVITE

    Primeiro, eu vim ler o seu blogue.
    Agora, estou lhe convidando a visitar o meu, e se possivel seguirmos juntos por eles. O meu blogue, é muito simples. Mas, leve e dinamico. Palpitamos sobre quase tudo, diversificamos as idéias. Mas, o que vale mesmo, é a amizade que fizermos.
    Estarei grato, esperando VOCÊ, lá.
    Abraços do
    http://josemariacostaescreveu.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Belo texto, vc pode até ser o sobrinho preferido, mas a filha q ela não teve sou eu.kkkkkk

    ResponderExcluir
  5. Desculpa esqueci de dizer q sou eu alessandrano comentario acima.kkkk

    ResponderExcluir